O que é UX Design (Experiência do Usuário)?

Posted on
UX Design - O que é UX? | Des1gnON
O que é UX Design, este tema tão falado ultimamente? O UX é uma área que está realmente em alta? Vale a pena aprender? Deveria migrar para o UX?

Estas e outras são as dúvidas de muitos quando o assunto é UX design (User Experience ou Experiência do usuário em português).

A verdade é que o design da experiência do usuário (UX) é um conceito que tem muitas dimensões e também inclui várias disciplinas, como por exemplo design de interação, arquitetura da informação, design visual, usabilidade.

O que é UX Design (Experiência do Usuário)?

São muitas as definições que você pode encontrar. Mas na minha concepção:

UX Design ou User Experience Design(Experiência do usuário em português), é a habilidade de entender e resolver problemas focados no usuário. UX envolve usabilidade (quão fácil é de usar), acessibilidade (acessível para todos tipos de pessoas, com qualquer condição) e o quanto agradável é a relação entre o usuário e seu produto; [Em outras palavras] é tornar a vida de uma pessoa o mais fácil e o mais intuitiva possível ao utilizar um serviço ou produto.

Livro: O Design do Dia a Dia - Donald Norman - Des1gnON

Já dizia o famoso Don Norman: Não importa quão bom seja um produto se, no final, ninguém o usar.

☞ Por sinal, indico demais a leitura do livro dele “O Design do dia-a-dia”, para todo tipo de designer.


Para ajudar o entendimento, veja o termo UX sendo definido por alguns profissionais:

“O design da experiência do usuário é uma abordagem de design que leva o usuário em consideração.”
John Amir-Abbassi, UX Researcher do Facebook
O design de UX trata da resolução de problemas através da empatia.”
Jason Ogle, Fundador do User Defenders Podcast.
“É a prática de atender às necessidades das pessoas antes, durante e após o desenvolvimento do produto.”
Cory Lebson, UX Research 

SAIBA: É muito importante que, ao criar a experiência, você sempre leve em consideração o Porquê, O que e Como um produto ou serviço vai ser usado.

✦  Por que?
Motivações dos usuários em consumir ou usar um produto.

✦  O que?
O que as pessoas podem fazer com um produto, ou seja, qual a real funcionalidade.

✦  Como?
Design seja funcional e feito de maneira acessível para todos e esteticamente agradável.

Vamos entrar um pouco mais a fundo no assunto…

O processo de design (UX)

Já vou deixar claro que o processo depende muito do tipo de projeto e da equipe que você está trabalhando.

Por exemplo: tem projetos onde você entrevistas usuários pessoalmente para entender seus problemas. Mas se você tem um projeto onde o objetivo é melhorar a experiência do carrinho de compras do site, o melhor a fazer é protótipos (mockups reais), testar online e receber o feedback.

Dito isso, existem muitos modelos de processos a seguir. Vou citar aqui um processo de UX design de 6 estágios:

O que é UX? Processo UX - Des1gnON

  1. Descoberta
  2. Pesquisa e Definição
  3. Análise
  4. Desenvolvimento
  5. Testes
  6. Análise (de novo)

1. Descoberta

Geralmente, sua função é resolver um problema, e para fornecer uma solução, você primeiro precisa entender este problema e descobrir tudo o que puder sobre ele.

Atividades incluem:

  • Conhecer, conversar, observar e entender os usuários em seu ambiente;
  • Analisar requisitos para entender e esclarecer tudo (timeline, recursos, restrições, etc);
  • Definir personas e user cases;

2. Pesquisa e Definição

Depois de saber que este projeto está alinhado à sua missão principal e saber quais perguntas você está tentando resolver, é necessário realizar pesquisas.

A pesquisa de usuário é importantíssima, pois nesta fase tudo o que você descobrir irá estabelecer as bases de como todo o projeto será feito.

Atividades incluem:

  • Entrevistas 1:1
  • Entrevistas em grupo
  • Pesquisas eletrônicas
  • Teste de usabilidade do produto

3. Análise

Nessa fase você vai usar todas as informações coletadas nas duas primeiras etapas para analisar quais são os elementos mais importantes.

Atividades incluem:

  • User personas (representação do usuário-chave do produto)
  • User journeys (mapas com representação da interação do usuário com o produto).

4. Desenvolvimento

Agora é hora de usar todo o conhecimento que você conseguiu até agora e criatividade para resolver o problema.

Posso dizer que esta é minha fase favorita do projeto, onde eu coloco em produção minhas habilidades criativas, e a “mão na massa” no design de sketchs, wireframes, mock ups e protótipos.

Atividade incluem:

  • Criação de brainstorm & sketch;
  • Criação de Mockups;
  • Criação de Protótipos.

5. Teste

Com os protótipos feitos, é hora de testá-los com usuários reais, pois eles vão te dar ótimos feedbacks.

Ouça, observe e sempre esteja aberto a todo tipo de comentário, pois isso vai te ajudar a eliminar ou adicionar ideias e, também, indicar o design na direção correta.

Atividades incluem:

  • Teste de usabilidade com usuários reais.

6. Análise (de novo)

Depois de obter os resultados dos testes com o novo design, é hora de analisar os resultados, pensando em cada problema que você notou ou cada observação que ainda estiver na sua memória.

Essa segunda análise pode ser crucial e te dar dados significantes para encontrar a solução do problema inicial.

Perguntas que podem ser importantes:

  • Onde foi o nosso processo deu certo? E porque?
  • Como nossos usuários estão respondendo ao produto?
  • Resolvemos os problemas e pontos problemáticos?
  • Onde podemos melhorar o produto?
  • Que lições podemos tirar desse processo para futuros produtos?

Sou Designer Gráfico, o UX Design é para mim?

Essa é uma pergunta que escuto bastante, e também era uma dúvida minha ao migrar para o UX.

Acredito que essas áreas possuem diferenças chaves no método de trabalho, e é essencial entendê-las antes de tudo.

Para ajudar, eu fiz um vídeo bem fácil de entender explicando a diferença entre Design Gráfico, UX design e UI design

 


O UX é uma área que está realmente em alta?

Com o aumento gigantesco de produtos e serviços digitais, o UX design vem crescendo muito, tanto no Brasil como no exterior (Europa, Estados Unidos).

Essa evolução tecnológica dos últimos anos fazem com que as empresas, novas e antigas, percebam a importância de terem cargos como o de UX Designer. Sendo assim, a procura por profissionais nesta área tem aumentado cada vez mais.

Veja esse gráfico de anúncios de emprego que apresentam o cargo de UX Designer nos últimos anos.

Gráfico de crescimento de anúncios para UX Designer - Des1gnON
Fonte: itjobswatch.co.uk

O Jacob Nielsen, do famoso NNGroup, disse:

Desde que comecei em 1983, o campo da usabilidade cresceu 5.000%. É um trabalho maravilhoso — e ainda é uma escolha de carreira promissora.

Sendo assim, eu recomendo essa área para quem quer mudar ou iniciar nessa carreira.

Migrar do gráfico ao UX abriu muitas portas e novas oportunidades para mim, ainda mais morando fora do Brasil.

Espero que este artigo tenha ajudado a entender um pouco sobre o mundo do UX design e caso ainda tenha dúvida, deixa aqui nos comentários abaixo. 🙂 Aproveite para compartilhar nas suas redes sociais.


Referências:
https://www.usertesting.com/blog/what-is-ux-design-15-user-experience-experts-weigh-in/
https://www.invisionapp.com/inside-design/become-ux-designer/
https://uxplanet.org/user-experience-design-process-d91df1a45916

https://medium.com/aela/o-boom-do-ux-design-d6bcf340472c


 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You May Also Like