Começando um Estágio em Design (dicas especiais)

Poxa, sabe o que ia ser louco?

Trabalhar no Google, fazer minhas artes e poder andar de patinete dentro do escritório. É, realmente seria muito louco, mas a vida não é tão fácil assim.

Por isso, se você pensou em começar um estágio em design, esse post é pra você! Brincadeira, sei lá se é ou não. Mas enfim, hoje vou bater alguns pontos sobre o que eu acho sobre esse assunto.

“Precisa-se de estagiário que saiba identidade visual, editar vídeo, fazer site, aplicativo e sinalização. Diferencial: Saiba dançar o estilo ragatanga!”

Sim, eu sei. A maioria das vagas pede realmente isso. E novamente, fico espantado quando me deparo com esse tipo de situação.

A verdade é: o patrão quer, malandramente, um funcionário que saiba fazer tudo que uma pessoa formada faz, ou que já alguém que não seja mais estagiário, faça. Mas com um simples detalhe: a preço de banana — se fosse isso ainda, seria bom, porque a banana anda meio cara no mercado.

Eu acredito que o salário seja um dos principais desafios do estudante quando precisa correr atrás de estágio em design. Mas vale ressaltar que, dependendo da sua situação, não existe a necessidade de receber TÃO BEM como estagiário. É claro que esse “tão bem” é muito relativo, porque vai variar do tanto que vai trabalhar, o que vai fazer, as contas que precisa pagar, as dificuldades e afins, mas pense que é um momento de aprender, e que você está sendo pago para isso.

Enviar portfólio. Mas que portfólio?

E quando você acha que não pode piorar, bem no finzinho, com uma letra bem pequenininha tá escrito “Favor enviar portfólio por e-mail”. PELO AMOR DE PAUL HAND! Estava fazendo a fórmula de Bhaskara à dez minutos atrás e querem que eu envie um portfólio? Sim, eles querem.

Na maioria dos casos, o portfólio do estudante é um compilado de tutoriais do Photoshop.net, desenhos em sketchbook, e a clássica restauração de foto antiga da família.

Isso é ruim? Não. Tem outro jeito? Tem!

Por Luciana NavarroDes1gn ON - Começar um estágio em design - Pokemon

Na minha opinião, seria muito legal achar uma alternativa que mostre o seu ponto de vista sobre algo que você goste. Coisas que tem a ver com o seu universo, sacou? Você gosta de futebol? Tenta pensar em algo que explore esse tema.

Puts, mas eu amo dançar. Show! Tenta fazer algo que mostre esse gosto por dançar! Não custa nada tentar, e isso passa uma sensação maior de autonomia e não de ‘copiar e colar’ de sites de tutorial.

Empresa grande ou empresa pequena?

Sinceramente? Não sei.

Aquele sonho de quando acaba de entrar na faculdade e imagina que algum dia estará trabalhando no Google, Facebook, Amazon ou Globo, talvez seja bom…talvez seja ruim.

Des1gn ON - Começar um estágio em design - agencia

A minha experiência de trabalho sempre foi com empresa pequena. Tanto na que eu trabalho hoje, como as que já fiz freela.

Pra não mentir, teve somente uma empresa no qual tinha uma estrutura enorme, milhares de funcionários, salas do futuro, computadores brilhando de tão novos e uma máquina de café tunada (de grátis).

Mas, da experiência que eu tive nessa empresa grande para as empresas menores, eu tenho muito mais pra falar bem das menores do que dessa monumental.

Lógico, que vocês não podem considerar a minha opinião como “o Chris tem toda razão”. Porém, pelo o que escuto e vejo por ai, realmente empresas menores tendem a ser mais agradáveis e gostosas de trabalhar. Mas talvez paguem menos…

Aeee, consegui encontrar um estágio em design! O que eu faço agora?

Faça o máximo para que esse momento se torne uma experiência boa.

Mas como faz isso?

Primeiro, pergunte. Mas pergunte muito.

Des1gn ON - Começar um estágio em design - perguntar

Qualquer dúvida, interesse, curiosidade, ajuda para o trabalho da faculdade, conselho amoroso, horóscopo, como você faz isso, como você faz aquilo, é válido para essa hora. Porque estagiar é uma das etapas de sua vida no qual você vai descobrir aos poucos, assim como tudo funciona em sua área.

E só perguntando muito vai conseguir entender se é isso o que você quer, quais outras alternativas você pode buscar depois, e o mais importante, refletir: você se vê fazendo isso daqui cinco anos?

Conclusão

Espero ter ajudado em algum ponto sobre o assunto. Então os pontos importantes para começar um estágio em design são:

  • Procure ter conhecimentos em softwares e habilidades, mas você não precisa saber tudo, fique tranquilo.
  • Nunca fez freelas? Crie um Portfólio com trabalhos que você se identifica e se sente bem em fazer, mostre sua cara.
  • Começar em empresa grande ou pequena irá trazer diferentes tipos de experiências. O importante é aproveitar o máximo para aprender.
  • Depois de começar, reflita se é isso que gosta e o que gostaria de estar fazendo no futuro. Se não souber, explore quantas áreas puder.

Pra quem já passou pelo estágio, compartilha com a gente sua experiência.

Como foi o começo?
Quais dificuldades você encontrou no meio do caminho?
Tem alguma dica?

🙂

Até a próxima.

Share

Começando um Estágio em Design (dicas especiais)

Discussion

4 Responses

  1. Caio Lara says

    No começo de agosto comecei estagiar em uma empresa de comunicação visual, só nesse tempo ja aprendi muita coisa e me encantei ainda mais pela área e poder receber dinheiro fazendo o que gosto e estudando. O que mais me anima é que a empresa incentiva a estudar mais e mais, adorei as dicas foi exatamente o que fiz para conseguir essa vaga.

    1. Christopher Rocha says

      Nossa, também estou feliz em saber que existem outras empresas que proporcionam essa experiência de aprendizado ao estagiário. Sucesso Caio Lara!

Leave A Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *