Portfólio para Freelancer: 9 Passos de como fazer bem feito

Na vida de freelancer uma coisa é fato: prospectar clientes é preciso. E, como um bom designer/web designer, você deve saber que o passo inicial para impressionar qualquer cliente é ter um bom portfólio. Então por favor, ignore nosso famoso ditado “Casa de ferreiro, espeto de pau” e faça isso ser tão bom quanto ao que você realmente é.

Tenha em mente que o cliente, ao olhar seu portfólio, estará analisando você pela primeira vez, então se você não o impressionar o bastante, perderá para a concorrência, pode ter certeza. Tenha uma boa apresentação e aumentará suas chances de conseguir mais clientes e consequentemente mais trabalhos.

Como conquistar clientes com meu portfólio?

Você não conquista grandes clientes com apenas seu currículo, você ganha clientes mostrando o que saber fazer. Ou seja, antes de tudo eles querem ver provas que você saber criar e é bom no que faz. Clientes querem se sentir seguros do serviço que estão contratando — garanto que você deve pensar o mesmo quando contrata algum serviço.

Des1gnon | Como fazer portfolio freelancer - Gonzalo Perez

E como fazer seu portfólio impressionar?

Essa é a parte onde eu te digo que é totalmente possível fazer um excelente portfólio, mesmo para quem está começando na área agora. Se seguir essas 9 dicas a seguir, você com certeza vai ter um portfólio de primeira, que passa credibilidade e estará pronto para conseguir clientes e jobs.

 

O logo é o começo

Seu logo, sua marca, sua cara. O logo é o ponto inicial de uma boa apresentação, afinal estará em sua homepage, que é a primeira página vista. Você precisa ser capaz de capturar a atenção.

O logo deve representar seu estilo e personalidade (dica: se você é designer de marca, isso é ainda mais importante). Faça-o clean e principalmente legível, e também vale considerar a compatibilidade com o layout do restante do portfólio.

Des1gnon | Como fazer portfolio freelancer - Rentz

 

Mostre apenas os melhores

Todo artista tem as melhores e piores criações. Aqui é importante você mostrar o seu melhor, o que mais impressionará e o que melhor representa seu trabalho como um todo. Será um portfólio de alto nível que irá proporcionar uma ótima experiência ao cliente.

Des1gnon | Como fazer portfolio freelancer - Adhemas

 

Deixe claro qual é o seu foco

É importante colocar trabalhos que você goste e com que queira trabalhar — não coloque imagens de um ebook feito por você, caso não queira mais trabalhar criando ebooks. Tenha em mente que tipo de área quer focar e assim não deixará o cliente confuso.

Sendo ainda mais claro, facilite a vida de todos e escreva para quais tipos de serviços você está disponível.

Des1gnon | Como fazer portfolio freelancer - Caramelbudgie

 

Organize por categorias

Para facilitar a navegação, deixe tudo mais simples e separe seus trabalhos por categorias. Tudo ficará mais fácil de achar e bem mais organizado.

Des1gnon | Como fazer portfolio freelancer - Capano

 

Faça seu portfólio ser fácil de navegar

Mesmo que todos já devem saber isso, vale a pena reforçar. Você pode mandar muito bem no que faz e ter os melhores trabalhos do mundo, mas se seu site for difícil de navegar e mal organizado, sinto muito em te dizer mas o cliente vai se frustar e desistir antes mesmo de saber o quão bom você é.

Simplifique as informações, o menu, as páginas. O melhor é mostrar as principais informações na página inicial, porque quando alguém entra em seu site você tem apenas alguns segundos para situar o que está acontecendo e mostrar o conteúdo que é prioridade, por exemplo como contactar você.

O layout tem de ser claro, e bem estruturado.

Des1gnon | Como fazer portfolio freelancer - Larissa Graboski

Caso ainda não saiba como fazer seu portfólio online, o Wix é de grande ajuda para criar site, ainda mais para quem está começando, e é grátis. Agora está bem fácil de usar, e tem bastante possibilidades de criar um layout que vai ser fácil de navegar e fluir. Possui ferramentas também para interfaces com as redes sociais, e algo que é muito importante nos dias de hoje: é otimizado para dispositivos móveis. Veja alguns portfólios criados aqui.

 

Contato fácil e visível

O sentido de ter um portfólio é prospectar clientes. E como conseguir clientes em seu site? Sendo fácil de descobrir como entrar em contato com você. Simples.

Não esconda seu email ou telefone, coloque em uma página de contato, ou de preferência já deixe essa informação clara na página inicial. Não faça o cliente perder o tempo dele procurando onde contactar você.

Des1gnon | Como fazer portfolio freelancer - Larissa Graboski2

 

Depoimentos

Depoimentos de clientes contentes são realmente muito bem vindos. Isso irá reafirmar a qualidade de seu trabalho e provar que você é confiável, e o melhor, essa informação virá de quem já testou e viu a qualidade de seu trabalho. Então peça a seus clientes passados a te dar essa ajudinha.

Vale a pena ter um link no depoimento para o trabalho citado, para assim provar a legitimidade.

 

Prove que você não é um robô

Você é uma pessoa real, então prove isso falando um pouco sobre você, isso te humaniza e te conecta com o cliente antes mesmo dele entrar em contato. Seja amigável, simpático e mostre um pouco de sua personalidade. Fale o que você realmente gosta, sua influências, e o que te impulsiona a ser criativo e gostar do que faz. Tenho certeza que vai ser um ‘plus’ em seu favor.

Des1gnon - Como fazer portfolio freelancer - jrutlanddesign

 

Conte a história por trás do projeto

Além de ter imagens bonitas e mockups bem feitos em cada trabalho mostrado, é importante também explicar como chegou a esse resultado. Explique o porquê criou isso ou aquilo, o que te fez chegar a determinado resultado, sua linha de pensamento/criação.

A maioria não está interessada nos projetos, mas sim o quanto criativo e hábil você é. Tenha foco em mostrar o caminho que te levou ao resultado final.

Des1gnon - Como fazer portfolio freelancer - AaronPorter

 

Espero que essa dicas te ajudem o máximo possível. Se esse artigo foi útil de alguma forma para você, compartilhe e ajude seus amigos também 🙂

 

 

Este é um post patrocinado.

Share

Portfólio para Freelancer: 9 Passos de como fazer bem feito

Discussion

4 Responses

  1. Pedro Trajano says

    Ágata, você é uma profissional excepcional! Suas matérias são sempre muito objetivas e extremamente instrutivas! Nunca me arrependi de ter dedicado meu tempo para ler seus posts. Sou designer gráfico, porém não tenho nível superior na área, mas tenho como objetivo ser sempre muito profissional, ético e dedicado, me esforçando a cada dia em elevar o meu nível. Os seus posts me ajudam muito nesse objetivo e são inspiradores! Parabéns e muito obrigado!

    1. Olá Pedro, como vai?
      Fico completamente contente com seu comentário. É realmente satisfatório quando alguém gosta do sue trabalho e te reconhece por isso. 🙂 Que excelente que o blog tem de ajudado nesse caminho que você tem a percorrer. Espero que sempre façamos a diferença! Obrigada pela mensagem e o carinho. Grande abraço! 🙂

  2. Muito consistente suas dicas, assino embaixo. Apenas incluiria que nem sempre é necessário o profissional criativo ter sua marca (visual), o nome as vezes já se torna a própria marca ao longo do trabalho de boas entregas feitas por ele no mercado. Um exemplo, foi o portfolio mencionado, do Adhemas Batista (aliás, um grande amigo meu), citar o nome dele já se tem um valor obtido sem mostrar um símbolo. Enfim, concordo ter a marca (visual) porém não se faze sempre necessário, exemplo: dmklee.com

    Abraços e continue com o ótimo trabalho aqui.

    1. Olá Elvis, tudo bom?
      Concordo com você, no caso do freelancer já tiver o nome construído no mercado. Mas veja que mesmo ele tem uma marca (A-B), que ajuda na afirmação do designer e também por ser mais fácil ser reconhecido pelas pessoas. O Adhemas é muito talentoso e adoro seu trabalho. Obrigada pelo seu comentário positivo! 🙂 Abraços!

Leave A Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *