Qual é o momento certo para trocar de emprego?

Quem nunca ficou com um pé atrás na hora de trocar de emprego?Penso que todos já passaram (ou ainda vão passar) por aquele momento de dúvida: será que é o momento de trocar de emprego ou se arriscar no freela?

Nós, criativos, sempre queremos experimentar coisas novas, conhecer pessoas diferentes, crescer no mercado de trabalho, aumentar o salário, enfim, cada um tem um objetivo, mas você sabe o que se deve levar em consideração na hora de decidir?

Sair de um emprego, estável, com salário fixo, de uma empresa que já conhecemos, não é uma decisão simples e que requer muita responsabilidade e atenção. Ao contrário do que muitos pensam, não basta botar na balança apenas o salário, algumas empresas oferecem muito mais, e é esse muito mais, que por diversas vezes, faz diferença na hora de decidir.

Precisamos levar em consideração tudo que o emprego atual oferece. O salário e os benefícios extras salariais (vale alimentação, auxílio transporte, auxílio alimentação, entre outros) são importantes, mas não podemos deixar de lembrar-se dos benefícios indiretos, que são tão importantes quanto, como:
•   os contatos que adquirimos;
•   as experiências vividas;
•   viagens de negócios;
•   treinamentos
•   cursos que são oferecidos pela empresa.

As perspectivas de crescimento dentro da empresa também são de extrema importância num momento como esse. Você deve pensar se vale a pena sair de uma organização estável e com perspectivas de crescimento profissional para começar tudo novamente em outro lugar.

Acima de tudo, é importante sempre manter o pé no chão. Não arrisque se não tiver certeza de qual rumo profissional você está tomando.

 

“Quando minha escolha é consciente, nenhuma repercussão me assusta. Quando não é, qualquer comentário me balança.” – José Eustáquio

 

Bom, agora se você decidir em trocar de emprego é interessante agir sempre de forma correta, ou seja, avise com pelo menos duas semanas de antecedência que você vai deixar a empresa, conclua as tarefas antigas, organize os arquivos do cargo que vai desocupar e não transforme a sua saída num leilão de oferta de salário.

Não esqueça! Se você for se arriscar no freela, isso envolverá novas responsabilidades, como gestão financeira, custos e preços e planejamento dos horários, por isso, é importante se preparar, e muito. Tenha uma boa apresentação, leve sempre com você um cartão de visitas e mantenha seu portfólio atualizado.

Espero que ajudem na hora de decidir, mas é importante lembrar que cada um deve pesquisar, se informar e avaliar, ponto a ponto, a própria situação antes de tomar qualquer decisão.

 

Aproveite os comentários aqui no blog para dividir suas experiências com os leitores.

😉

 

 

 

Imagem capaBusinessman confusedde Shutterstock

Share

Qual é o momento certo para trocar de emprego?

Discussion

3 Responses

  1. Rafael says

    Concordo com tudo isso, ficou muito bom este post.

    Eu acrescentaria um fator que considero muito importante hoje, que é o horário de trabalho, possibilidade de trabalhar em casa pela empresa e também consideraria o ambiente de trabalho.

    É muito ruim quando você esta num trabalho que o ambiente de trabalho é péssimo, assim surgindo muito mais stress. E com seu potencial diminui.

    Ótimo post, Abs

    1. Agata Yamashiro says

      Olá Rafael, devo concordar com você.. um funcionário que não se sente bem no ambiente de trabalho (e até muitas vezes sofrendo bulling), não exercerá 100% de seu potencial. Infelizmente, hoje em dia é mais comum do que pensamos! Obrigada pelo comentário 😉 Abs!

  2. Pâmela says

    Não trabalho na área ainda e isso me intriga bastante, pois não me acho preparada para o campo do Design. Há um conflito interno muito grande e muitas vezes me sinto cobrada a me inteirar mais nessa área que confesso que sou apaixonada… então penso em me especializar ainda mais.

Leave A Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *