5 dicas para entender melhor seu cliente

A verdade é: muitas vezes o cliente pode ser mais desafiante que o próprio job. Como seria a perfeita relação entre freelancer e cliente?

Como qualquer relacionamento, relações bem-sucedidas são baseadas em honestidade, comunicação e expectativas claras. No entanto, se você quiser que seu cliente faça mais além de atender a seus pedidos e esperar resultados, você não pode tratá-lo apenas como uma fonte de renda que fala demais. Então seguem 5 dicas para ajudá-los nesse relacionamento freelancer-cliente.

 

Conheça seu cliente o suficiente

Dicas ClienteImagem via Shutterstock

 

Não é necessário conhecer seu cliente nos mínimos detalhes, mas é preciso avaliar tanto o conjunto de habilidades como as deficiências dele. Compreender a experiência do cliente permite que você aproveite os pontos fortes oferecidos por ele. Da mesma forma, compreender os pontos fracos (por exemplo, falta de conhecimento sobre a internet, analfabetismo literal, uma tendência para confundir jargões etc.) permite antecipar potenciais problemas antes que eles surjam.

+ Post: Trabalhar em agência ou ser freelancer? Prós e Contras

Deixe seu cliente educá-lo sobre as necessidades dele

dicas-Entender-cliente_02Imagem via Shutterstock

 

Ninguém conhece as necessidades de um cliente melhor do que os próprios clientes. Deixe-os explicar qual é o público-alvo, o plano de negócios ou as metas globais. Faça perguntas. Peça esclarecimentos. Algumas vezes, alguns clientes aparecem com pedidos ridículos porque não enxergam outra maneira de fazer aquilo. Analisar por que um cliente deseja algo é tão valioso quanto entender o que ele deseja. Quando você compreende o motivo pelo qual um cliente esta indo por um determinado caminho, você fica em posição de explicar por que esse caminho é certo ou errado.

+ Post: Entendendo a diferença entre Tipografia e Lettering

Explique a seu cliente como você vai atender às necessidades dele

WebImagem via Shutterstock

 

Embora o cliente esteja pagando a você para realizar uma tarefa que ele não pode fazer sozinho (porque ele não tem tempo ou conhecimento), é interessante ajudá-lo a entender exatamente o que você está fazendo. Isso justifica o seu pagamento, desmistifica o processo e coloca vocês dois na mesma toada. Um cliente fica muito mais disposto a aceitar suas respostas quando você não desconsidera as perguntas dele. Se você for explícito sobre seus métodos, o cliente deve ser claro sobre quais recursos você precisa e por que o cronograma é do jeito que é.

+ Post: Design de Logotipos que Todos Amam

Gerencie expectativas mútuas

WebImagem via Shutterstock

 

A maior armadilha potencial em qualquer relacionamento são as expectativas. Compreender as expectativas de cada um e ver se elas estão alinhadas vai economizar tempo e evitar frustrações.

Contratos servem para gerir expectativas, mas, antes mesmo de assiná-los, você e seu cliente devem delinear como cada um gostaria de trabalhar. Isso significa deixar claro os horários de trabalho, prazos de execução e possíveis motivos de desacordo. Destaque os requisitos e obstáculos que possam surgir. E certifique-se de que todos saibam como e quando você será pago.

+ Post: 5 Maiores Erros do Freelancer

Lembre-se, a comunicação é fundamental em qualquer relacionamento

WebImagem via Shutterstock

 

Não tenha medo de fazer perguntas, realizar um acompanhamento ou pedir um relatório da situação. Incentive seu cliente a fazer a mesma coisa. Respeite os limites (esclareça os horários comerciais e os prazos) e evite ser pegajoso, mas não deixe o silêncio se estender muito caso precise de uma resposta.

Após você e seu cliente concluírem um projeto, nunca é demais dar uma verificada. Pergunte como o projeto e o cliente estão indo, e quais são as perspectivas no horizonte. Quem sabe haja um lugar para você no futuro deles.

Resumindo, comece a conhecer seus clientes, o que eles querem e por que querem. Deixe claro como você proporcionará a eles o que querem, e tente fazê-los entender por que uma determinada maneira é a melhor para conseguir isso. Descreva qualquer limite ou regra necessária, e mantenha contato durante o andamento do serviço.

 

 

 

Artigo de Shutterstock

Share

5 dicas para entender melhor seu cliente

Discussion

2 Responses

Leave A Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *